Muitos ainda confundem as Artes Marciais com os diversos Esportes de Combate, mas muitos ainda confundem as Artes marciais entre si, pensando que é tudo a mesma coisa, mas há uma grande diferença entre todas elas, sejam em seus treinos, seja em costumes e origens, gostaríamos de explicar um pouco estas diferenças e nesta edição falaremos sobre o Karatê, ou melhor, o nome correto é Karatê-Do.
    O QUE É KARATÊ-DO? Karatê é uma arte marcial é um sistema de auto-defesa que originou-se centenas de anos atrás, na ilha de  Okinawa (entre o Japão e a china). É uma Arte milenar, visa o desenvolvimento do corpo e da mente, no caminho da perfeição, Criado pelo Mestre Gichin Funakoski considerado o “Pai do Karatê  Moderno”, vindo a falecer em  26 de abril de 1957 e em seu túmulo deixou escrito em forma de cruz as Palavras: Karatê NI Sente Nashi que quer dizer: “ No Karatê Não Existe Atitude  Ofensiva”.
    Traduzindo, "Karatê-Do" significa "o caminho das mãos vazias", referindo-se ao fato dos praticantes não usarem armas para atacar ou defender, mas apenas as mãos, pés e o corpo. Karatê-Do é muito mais do que meramente o físico, envolvendo todo o emocional do praticante, auto confiança,determinação, disciplina, respeito, ética, etc...
 O treino de Karatê pode ser dividido em três partes principais: KihonKata Kumite.
    Kihon: São os fundamentos ou seja, o estudo dos movimentos básicos.
    Kata: são as formas, os padrões ou seja, é uma espécie de luta contra um inimigo imaginário expressa em sequências fixas de movimentos.
    Kumite: É o encontro das técnicas ou seja, é a luta propriamente dita. Em sua forma mais básica é combinada (com movimentos pré-determinados) entre os lutadores para, posteriormente, alcançar o jyu kumite (combate livre).  A forma desportiva, ou combate com regras, é conhecida como Shiai-kumite, e é esta a forma utilizada nas competições, e nela os praticantes competem com marcação de pontos.
    Dentro do Karatê-do, se treina com dedicação e respeito, a disciplina esta em 1º lugar, como diz o Mestre criador da modalidade não existe atitude ofensiva no karatê, ou seja, se treina muito para não utilizar os ensinamentos.
    O QUE É KARATÊ-DO? Karatê é uma arte marcial é um sistema de auto-defesa que originou-se centenas de anos atrás, na ilha de  Okinawa (Japão). É uma Arte milenar, visa o desenvolvimento do corpo e da mente, no caminho da perfeição, Criado pelo Mestre Gichin Funakoski considerado o “Pai do Karatê  Moderno”, e que morreu em  26 de abril de 1957 e em seu túmulo deixou escrito em forma de cruz as Palavras: Karatê NI Sente Nashi que quer dizer: “ No Karatê Não Existe Atitude  Ofensiva”.
    Traduzindo, "Karatê-Do" significa "o caminho das mãos vazias", referindo-se ao fato dos praticantes não usarem armas para atacar ou defender, mas apenas as mãos, pés e o corpo. Karatê-Do é muito mais do que meramente o físico, envolvendo todo o emocional do praticante, auto confiança,determinação, disciplina, respeito, ética, etc...
 O treino de Karatê pode ser dividido em três partes principais: KihonKata Kumite.
    Kihon: São os fundamentos ou seja, o estudo dos movimentos básicos.
 
    Kata: são as formas, os padrões ou seja, é uma espécie de luta contra um inimigo imaginário expressa em sequências fixas de movimentos.
    Kumite: É o encontro das técnicas ou seja, é a luta propriamente dita. Em sua forma mais básica é combinada (com movimentos pré-determinados) entre os lutadores para, posteriormente, alcançar o jyu kumite (combate livre).  A forma desportiva, ou combate com regras, é conhecida como Shiai-kumite, e é esta a forma utilizada nas competições, e nela os praticantes competem com marcação de pontos.
    Dentro do Karatê-do, se treina com dedicação e respeito, a disciplina esta em 1º lugar, como diz o Mestre criador da modalidade não existe atitude ofensiva no karatê, ou seja, se treina muito para não utilizar os ensinamentos.

    O sistema de graduação é por faixas, e não é fácil atingir uma faixa preta, aproximadamente 6 a 7 anos, e depois vem os Dans, que são graduações dentro da faixa preta, como podem ver para ser um praticante de karatê requer alem de um querer,  muita paciência e dedicação, não é um ensinamento apenas de chutes e socos como muitos ainda pesam ser. O Karatê-Do, assim como as demais Artes Marciais tem caráter educativo e de defesa pessoal, não devendo ser usado para se exibir ou medir forças uns com os outros.